terça-feira, 17 de novembro de 2020

PT aprova resolução para apoiar Manuela d'Ávila à prefeitura

Manuela d'Ávila

O PT deve apoiar a ex-candidata à presidência Manuela d’Ávila (PCdoB) para concorrer à prefeitura de Porto Alegre. O Diretório Municipal do partido aprovou, por unanimidade, a indicação de apoio. A resolução será levada ao Encontro de Táticas Eleitorais, a ser realizado no dia 28 de março, quando 550 delegados petistas definirão o apoio.
No mesmo encontro, o PT definirá a indicação do nome à vice-candidatura, disputada também pelo PSOL, que já lançou a deputada federal Fernanda Melchionna como pré-candidata. No lado petista, o ex-candidato ao governo do Estado Miguel Rossetto e os vereadores Marcelo Sgarbossa e Engenheiro Comassetto podem formar a chapa com Manuela.

Segundo Maria Celeste, presidente municipal do partido, o PT continuará em busca de unidade do chamado campo progressista, que reúne partidos de esquerda e centro-esquerda e não pressionará para ficar coma vice-candidatura. Em nota, o partido disse que “reafirma a necessidade de uma Frente de Esquerda para as eleições de 2020 com a manutenção da mesa de diálogo entre PT, PCdoB, PSOL, PSB, PDT, PCO, PCB e UP”.
Portanto, em 28 de março, será definida a indicação de um nome petista à vice-candidatura. O quadro que acompanhará Manuela na disputa pela prefeitura da Capital será fruto de negociações que demandam mais tempo.

No Twitter, Manuela agradeceu o apoio petista e disse que “é uma alegria e honra caminharmos juntos na próxima eleição municipal. Tenho certeza que é possível fazermos Porto Alegre voltar a ser do povo”.
O PT de Porto Alegre antecipará a decisão sobre a eleição municipal, que, segundo a resolução nacional, deveria acontecer somente em abril. Isso ocorre pelo amplo apoio interno dos petistas ao nome de Manuela. Foram 46 membros que decidiram unanimemente pela resolução.


Jornal do Comercio
(Repostagem)